quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

A Cidade de São Paulo aos 457 Anos



Esta semana, homenageando o aniversário de São Paulo, vamos falar um pouco da nossa história através de seus monumentos e da enorme oferta cultural que nossa cidade oferece. 


Apesar de faltar um pouco de florestas, lagos e montanhas, a nossa cidade impressiona qualquer visitante.

São Paulo entre as 10 do mundo – Informa Gilberto Dimenstein no Folha On Line dia 16/10/10 a publicação do guia Best in Travel 2009, da Lonely Planet, com a lista das 10 cidades do mundo que merecem uma visita. São Paulo está entre estas ‘capitais do mundo’ pela cultura e entretenimento que oferece! São elas: Antuérpia, Beirute, Chicago, Glasgow, Lisboa, Cidade do México, São Paulo, Xangai, Varsóvia e Zurique.


Vista da cidade de São Paulo


Curtam o artigo ao som de Sampa por Caetano Veloso





MUSICA & CANTO - ENTRE AMIGOS
Teclado - Alberto
Contrabaixo - Jair
Pandeiro/Timba- Xará
Vocais: Ana Carla - Dinho Izzo - Juliana Saciloto - Xará

Obrigado Enise Lilases por compartilhar este vídeo


Principais pontos turísticos e históricos do centro da cidade:


Catedral da Sé

Normalmente visitamos as catedrais das cidades que estamos conhecendo, porque não visitar a da nossa cidade? Um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo, a catedral é enorme: tem 111 m de comprimento, 46 m de largura, 92 m de altura e ocupa um quarteirão inteiro. Do lado de dentro, dois mosaicos laterais em estilo bizantino, e há elementos brasileiros como o tucano e o tatu esculpidos no topo das colunas. Visite a cripta uma capela subterrânea onde estão enterrados alguns personagens da história de São Paulo, como o cacique Tibiriçá. A catedral fica na Praça da Sé, em frente, ao Marco Zero da cidade. 

Praça da Sé, 11
Tel: 11 3107-6832
http://www.arquidiocesedesaopaulo.org.br/catedral_da_se.htm


Catedral da Sé


Páteo do Colégio

É muito simples mas é interessante visitar esse marco da nossa cidade onde tudo começou. A construção já não é a mesma de 1554, quando foi criada a escola de jesuítas que deu origem a São Paulo. Daquela época, resta apenas uma parede de taipa de pilão, de 1585. O Museu e a Capela Padre Anchieta foram erguidos em 1979, após o edifício ter servido de Palácio dos Governadores desde 1765 e de Secretaria da Educação do Estado de São Paulo a partir de 1932. O legado histórico reside no local de fundação da capital paulistana e no acervo do museu, composto de quase 700 objetos, entre os quais estão as relíquias do beato numa sala da igreja, a maquete da cidade no século 16 e obras de arte sacra. 

Praça Páteo do Colégio, 2,
Tel: 11 3105-6899
http://www.pateocollegio.com.br/newsite


Páteo do Colégio

Bolsa de Valores de São Paulo

Vale uma visita a uma das Bolsas mais importantes do mundo! O prédio de estilo neoclássico tardio remonta à década de 1940 e foi adquirido pela Bovespa em 1986. Por dentro, as escadas são feitas de mármore italiano, e o prédio está recheado de obras de arte e móveis clássicos. A Bolsa de Mercados e Futuros Bovespa é aberta a visitas de segunda a sábado, das 10h às 17h, e a atendimento para grupos agendados. Quem estiver de passagem pode conhecer o Espaço Raymundo Magliano Filho, onde há a Mesa de Operações e o Espaço Cultural. 

Rua 15 de Novembro, 275
Tel: 11 2565-6826
www.bmfbovespa.com.br



Torre do Banespa

Inspirado no Empire State Building, o Edifício Altino Arantes, conhecido como torre do Banespa , tem 1.61 m de altura, 35 andares e 14 elevadores. Inaugurado em 1947, foi por 20 anos o prédio mais alto de São Paulo. Hoje o espaço é sede do Santander Cultural, e o mirante do prédio proporciona uma vista de 360º, até 40 km, de onde é possível avistar a Praça da Sé, o Mosteiro de São Bento, o Viaduto do Chá e, no horizonte, a Serra da Cantareira, o Pico do Jaraguá e as antenas da Avenida Paulista. Para subir, é necessário apresentar documento com foto, e o tempo de permanência no mirante é limitado a cinco minutos por grupo.

Rua João Brícola, 24
Tel: 11 3249-7428



Torre do Banespa


Centro Cultural Banco do Brasil

Construído em 1901, o edifício tornou-se sede do Banco do Brasil em 1927 e Centro Cultural em 2001. Patrimônio tombado pelo Condephaat, o prédio agora é palco de diversas expressões artísticas, como exposições temporárias que ocupam três andares. No teatro há sempre uma peça interessante em cartaz; no cinema, filmes que fogem do circuito comercial. Um agradável café, com mesas na calçada, funciona no térreo. 

Rua Álvares Penteado, 112
Tel: 11 3113-3651
Entrada grátis
http://www.bb.com.br


CCBB


Edifício Martinelli

Foi o primeiro arranha-céu da cidade criado em 1929 para ser o maior edifício da América Latina. Pouco menos de 20 anos depois, perdeu o posto de edifício mais alto da cidade para a Torre do Banespa. A fachada é de concreto armado e, o interior é todo em mármore de Carrara, espelhos trazidos da Europa. Foi restaurado em 2010 e o terraço reaberto para visitas agendadas. Dali dá para ver o Vale do Anhangabaú, o Mosteiro de São Bento e a Catedral da Sé. Para tomar um lanche, uma boa opção é o Café Martinelli Midi (Rua Líbero Badaró, 508, 11/3104-6825) 

Entrada grátis
http://www.prediomartinelli.com.br


Edifício Martinelli


Mosteiro de São Bento

Mesmo paulistanos que não são católicos praticantes acordam cedo para assistir às missas do mosteiro. O motivo? As belas apresentações de canto gregoriano (2ª/6ª às 7h, sábado às 6h e domingo às 10h). A grandiosa basílica é do início do século 20, mas o mosteiro existe há mais de 400 anos. Entre imagens cristãs, a decoração também tem pinturas características da arte beuronense, que valoriza a cultura pagã - uma delas, logo na entrada, é o círculo vermelho rodeado pelos doze signos do zodíaco. Ao lado da sacristia, há uma loja onde são vendidos pães, doces e bolos preparados pelos monges confeiteiros Largo de São Bento. Recentemente abriram uma linda loja nos Jardins que recomendo muito; além de você poder comer deliciosos pães e biscoitos, a embalagem é tão chique que é uma ótima opção para presente. Vale conferir também o brunch no mosteiro em geral no último domingo de cada mês.

Tel: 11 3328-8799
www.mosteiro.org.br


Mosteiro de São Bento


Teatro Municipal

É um ícone do Centro da cidade, com fachada inspirada na Ópera de Paris. O teatro foi projetado em 1911, pelos arquitetos Ramos de Azevedo e pelos italianos Cláudio e Domiziano Rossi, para receber a elite paulistana. Abrigou a Semana de Arte Moderna em 1922, movimento que buscou renovar a cultura brasileira com a arte modernista. Por fora, a arquitetura mostra traços renascentistas barrocos do século XVII. Em seu interior, essas características são acompanhadas de vitrais, mosaicos e de um lustre com sete mil cristais belgas. É a sede da Orquestra Sinfônica Municipal e do Balé da Cidade de São Paulo. Em 2011, o Teatro Municipal de São Paulo completa 100 anos.

Praça Ramos de Azevedo, 11
Tel: 11 3397-0382
Entrada grátis
www.teatromunicipal.sp.gov.br


Teatro Municipal


Pinacoteca do Estado

Considero o museu mais bonito de S. Paulo, desde a administração de Emanuel de Araújo, oferece exposições maravilhosas (Rodin em 95 com mais de 180 mil visitantes; Andy Warhol, Mr. America; a coleção das irmãs Klabin).

O prédio de tijolos aparentes também projetado por Ramos de Azevedo foi o primeiro museu de arte de São Paulo, inaugurado em 1905 no bairro da Luz, construído para abrigar o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. A Pinacoteca abriga em seu acervo, predominantemente, uma coleção de arte brasileira dos séculos 19 e 20, que está entre as mais conservadas e importantes do país. 

Praça da Luz, 2
Tel: 11/3324-1000
www.pinacoteca.org.br


Pinacoteca do Estado


Estação Pinacoteca

Fica a poucas quadras do prédio da Pinacoteca e exibe o rico acervo da Coleção Nemirovsky, com quadros do quilate de Antropofagia, de Tarsila do Amaral, e boas exposições temporárias. O prédio foi construído em 1914, em 1939 abrigou o Departamento Estadual de Ordem Política e Social (Deops) de São Paulo e, em 1999, foi tombado como patrimônio cultural pelo Condephaat.

Lgo. Geral Osório, 66
Tel: 11 3337-0185
Aberto: 3ª/dom 10h/17h30
www.pinacoteca.com.br/pinacoteca


Estação Pinacoteca


Museu da Língua Portuguesa

Dedicado à difusão e valorização da língua portuguesa, o Museu da Língua Portuguesa está localizado no centenário prédio da Estação da Luz, em São Paulo. Em suas instalações multimídia, os visitantes são estimulados a interagir com a exposição, tornando a visita ao museu um experiência única e prazerosa. Em seus três primeiro anos de funcionamento mais de 1.600.000 pessoas já visitaram o espaço, consolidando-o como um dos museus mais visitados do Brasil e da América do Sul.

Praça da Luz, 11
Tel: 3326-0775
www.museulinguaportuguesa.org.br


Museu da Língua Portuguesa e Estação da Luz

Estação da Luz

A Estação da Luz é uma estação ferroviária localizada no bairro da Luz, na cidade de São Paulo. Integra a rede de transportes sobre trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, com transferência gratuita para a Estação Luz do Metrô de São Paulo, sendo um dos seus mais importantes nós, visto que por ela passam ou estão próximas, diferentes linhas de trem e metrô. A estação abriga ainda o Museu da Língua Portuguesa, uma instituição cultural ligada à Secretaria de Cultura do estado de São Paulo, inaugurada em 2006.

www.estacaoluz.org.br


Sala São Paulo

Projetada em 1925, no estilo Luís XVI, a Estação Júlio Prestes só foi concluída em 1938. O prédio restaurado em 1997 se tornou sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e a maior e mais moderna sala de concertos da América Latina. Duas características únicas do espaço são o forro de placas móveis, o que garante uma acústica perfeita, e o isolamento acústico, que torna imperceptível aos visitantes a passagem de trens pela Estação da Luz, próxima ao prédio. 

Praça Júlio Prestes, 16
Tel: 11 3223-3966
www.salasaopaulo.art.br


Sala São Paulo

Museu de Arte Sacra

Localizado no Mosteiro da Luz, fundado e construído em taipa de pilão por Frei Galvão por volta de 1774, o Museu é considerado um dos mais importantes monumentos arquitetônicos coloniais paulistas. O precioso acervo é composto por mais de 4 mil obras de arte religiosa entre imaginária sacra, retábulos, oratórios, objetos litúrgicos e livros raros dos séculos XVI ao XX. Merece destaque o belíssimo Presépio Napolitano do século XVIII, doado por Ciccillo Matarazzo, composto por 1620 peças, em exposição permanente na antiga "Casa do Capelão", dentro do complexo do Mosteiro.

Av. Tiradentes, 676 - Luz - São Paulo-SP
Tel: 11 3326-1373
www.museuartesacra.org.br


Memorial do Imigrante 

A antiga Hospedaria do Imigrante conta hoje a saga de membros das mais diferentes culturas e dos mais distantes povos que chegaram à cidade em busca de novas oportunidades. Pode ser feito passeio em locomotiva do início do séc. XX (aos sábados e domingos).

Rua Visconde de Parnaíba, 1316
Tel: 11 2692-1866
www.memorialdoimigrante.org.br


Fora do centro da cidade, também valem a visita:


Museu de Arte de São Paulo (Masp)

Imponente projeto de Lina Bo Bardi, ou Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, mais conhecido simplesmente por MASP, foi inaugurado em 1947 e criado para ser um museu dinâmico, com um perfil de centro cultural. Por isso possui espaços diferenciados para realização de exposições temporárias. As exposições temporárias apresentam os mais variados temas ou suportes. Exposições nacionais e internacionais de arte contemporânea, fotografia, design e arquitetura se revezam durante o ano, trazendo ao público um universo de imagens.

Avenida Paulista, 1.578
Telefone 55 11 3251-5644
www.masp.art.br


MASP

Museu de Arte Moderna - MAM

O MAM criação do arquiteto Affonso Eduardo Reidy é uma das principais atrações do público que frequenta o Parque do Ibirapuera. Fazem parte de sua coleção mais de 5 mil obras, reunindo mais de mil artistas entre os mais expressivos da arte moderna e contemporânea brasileira. A área expositiva, o restaurante e os espaços internos estão integrados visualmente à vegetação do parque do Ibirapuera e ao Jardim de Esculturas, que abriga obras do acervo do MAM numa área de 6 mil metros quadrados com paisagismo de Burle Marx. 

Parque do Ibirapuera, próximo ao portão 3
www.mam.org.br


MAM

Museu da Casa Brasileira

É um museu especializado em móveis, design e objetos de decoração dos séculos XVII ao XXII. Fica localizado numa casa de estilo neoclássico com mais de 1.200 m² de área construída num terreno de 7.200 m² do bairro do Jardim Paulistano, que pertencia ao casal Renato e Fábio Prado. Para oferecer um pacote completo de possibilidades ao visitante, o Museu possui um restaurante. Um amplo jardim com mais de 6.000 m² e cerca de 200 espécies de árvores brasileiras, que se destaca entre a densa massa de concreto da região, integra o conjunto arquitetônico do Solar Fábio Prado, construído durante a década de 40 e onde o Museu está instalado desde 1972. Ao redor desse imenso gramado acontecem atividades aos fins de semana, como as apresentações musicais programadas para as manhãs de domingos.

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.705
Tel: 11 3032-3727
www.mcb.sp.gov.br


Museu da Casa Brasileira

Museu Afro Brasil

1.100 obras relacionadas com a temática do negro, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, livros, vídeos e documentos, de artistas e autores brasileiros e estrangeiros, compõem o acervo da exposição permanente do Museu Afro Brasil. 

Parque do Ibirapuera, no Pavilhão Manoel da Nóbrega, próx. portão 10
www.museuafrobrasil.org.br


Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP)

Criado em 1963, tem em seu acervo cerca de 8.000 obras, entre óleos, desenhos, gravuras, esculturas, objetos e trabalhos conceituais. São obras de artistas como Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Brecheret, Tarsila, Rego Monteiro, Portinari, Oiticica, De Chirico, Modigliani, Boccioni, Picasso, Chagall, entre tantos outros. O MAC - Museu de Arte Contemporânea abrirá acervo de mais de 10 mil obras ainda em 2010 no antigo DETRAN, edifício de Oscar Niemeyer parte do conjunto do Ibirapuera.
MAC/USP - Rua da Reitoria, dentro da Cidade Universitária | MAC/Ibirapuera - 3º andar do Pavilhão da Bienal, dentro do Parque do Ibirapuera
www.mac.usp.br/mac


MAC

Museu Brasileiro de Escultura (MuBE)

O MuBE surgiu para impedir a construção de um shopping center em zona residencial. O terreno foi cedido pela prefeitura, em comodato, por 99 anos e a construção foi realizada com o esforço da iniciativa privada. Um concurso público premiou o projeto de Paulo Mendes da Rocha, hoje um dos mais expressivos e premiados arquiteto da contemporaneidade, sendo o MuBE uma de suas obras mais conhecidas, nacional e internacionalmente. Para o arquiteto, o museu é um lugar de concentração, reflexão do trabalho humano e da produção artística. 

O jardim do MuBE é projeto do renomado paisagista Burle Marx. Inaugurado em maio de 1995, com a Exposição de Victor Brecheret, o MuBE, ao contrário dos museus tradicionais, tem como vocação ser um "museu aberto", sem manter um acervo fixo, recebendo exposições temporárias de artistas da vanguarda histórica e moderna, representativos na formação da arte moderna e contemporânea nacional e internacional. O Museu Brasileiro da Escultura – MuBE desenvolve extensa e diversificada programação cultural, com exposições, cursos, seminários e palestras, recitais de piano. São em média, vinte e cinco exposições/ano, abrindo espaço para jovens artistas, além de apresentar mostras de artistas renomados, nacionais e internacionais. para aproximadamente, 80.000 visitantes por ano. 

Av. Europa, 218
Tel: 11 3081-8611
www.mube.art.br


Museu da Imagem e do Som (MIS)

Vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, do Governo do Estado de São Paulo, o MIS conta hoje com midiateca com conexão de Internet aberta ao público e uma programação diversificada. São exposições de arte contemporânea, mostras de vídeo e exibição de filmes do circuito, programação infantil, palestras e cursos oferecidos pelo primeiro laboratório público de novas mídias, o LABMIS, onde também há estrutura física e pessoal para o desenvolvimento de projetos de artistas comissionados e residentes – estes últimos escolhidos por meio de edital anual.

Av. Europa, 158
Tel: (11) 2117-4777
www.mis-sp.org.br


Museu Paulista da Universidade de São Paulo (Museu do Ipiranga)

O Museu Paulista da Universidade de São Paulo, conhecido também como Museu do Ipiranga, é um museu brasileiro localizado na cidade de São Paulo, sendo parte do conjunto arquitetônico do Parque da Independência. É o mais importante museu da Universidade de São Paulo e um dos mais visitados da capital paulista. É responsável por um grande acervo de objetos, mobiliário e obras de arte com relevância histórica, especialmente aquelas que possuem alguma relação com a Independência do Brasil e o período histórico correspondente. Uma das obras mais conhecidas de seu acervo é o quadro de 1888 do artista Pedro Américo, "Independência ou Morte". Um dos principais objetivos do museu é mostrar aos visitantes o papel do povo paulista na História do Brasil.

Parque da Independência, s/no.
Tel: 11 2065-8000
www.mp.usp.br


Museu do Ipiranga

Biblioteca Mário de Andrade 

Após longo período de obras, a biblioteca Mário de Andrade foi completamente reaberta ao público no último dia 25 de janeiro, dia do aniversário de 457 anos da cidade de São Paulo. A biblioteca é a segunda maior do País - a maior é a Biblioteca Nacional do Brasil, localizada no Rio de Janeiro - e passou por uma modernização, que custou R$ 16,3 milhões. Desde julho de 2010, o local reabriu a seção Circulante e já recebeu 89.540 pessoas. A biblioteca Mário de Andrade foi inaugurada em 1926 e projetada pelo arquiteto francês Jacques Pilon.

www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/seceretarias/cultura/bma


"Desenhar a cidade dos sonhos é fácil; reconstruir a vida requer imaginação".

Jane Jacobs.

Para terminar um vídeo de fotos antigas da cidade de São Paulo.




Obrigado ao Annibal Mesquita Filho por dividir esse vídeo conosco.

Por Annibal: Parabéns São Paulo, todos os Brasileiros e Estrangeiros que para aqui vieram e fizeram suas vidas e familias agradecem... Parabéns... Muito obrigado!


Colaboradora: Virginia Figliolini Schreuders

18 comentários:

Bebel disse...

Oi Yeda, obrigada adorei saber da cidade.

Bjs Bebel

Alice C disse...

Adorei SP,bjs
Alice

Thais disse...

Oi Tu
Parabensss esta super legal a repoprtagem..
Estou com saudades. Bjss Tha

paula disse...

Sampa é minha cidade e é LINDA!!!!!!!!

Anônimo disse...

MUINTO BONITA ESA CIDADE PARABEM SAO PAULO

RENATA COELHO LOUREIRO disse...

Se Deus quizer um dia vou conhecer essa cidade linda aqui quem faala e Renata de manaus.

Anônimo disse...

É REALMENTE ESTA CIDADE É LINDA MOREI NELA

25 ANOS

Anônimo disse...

ADOREI E É LINDO E EU AINADA VOU MORAR LÁ EM MARÇO UO LOGO LOGO.BJS

Anônimo disse...

Nossa gostei

Laerçon Blues Man disse...

Essa sim é uma cidade maravilhosa!

ROSA MARIA disse...

LINDA , MAS , EXTREMAMENTE " ESTRESSANTE " !!!

Anônimo disse...

O QUE CIDADE MARAVILHOSAiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii?EU ACHAVA K FOSSE O MEU RIO PATRIMONIO DA HUMANIDADE,XI JÁ TAVA ME ESQUECENDO POR FALA EM MARAVILHOSA O QUE DIRA EU DA PRINCESINHAH DO MAR,E K BELEZA E MARAVILHOSA É A VISTA CHINESA XI SÃO TANTAS COISAS BELAS, MAS ADIMITO TBM MUITA VIOLENCIA COMO GUALQUER OUTRAS CIDADE DO MUNDO TEM MAS CONCERTEZA A UNICA MARAVILHOSSS ABRAÇO

Anônimo disse...

São Paulo, lugar que eu amo. <3 Não moraria em outro lugar, amo aqui demais!

Anônimo disse...

E MUITO LIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINDO

Yeda Saigh disse...

Realmente nossa cidade é linda.

Yeda Saigh disse...

Tenho artigos anteriores a esse que são lindos sobre o Rio de Janeiro, confira!

Yeda Saigh disse...

Obrigado Thais

Regina Peres disse...

Isso é um verdadeiro presente.... cidade de todas as tribos e clãs....Isto È São Paulo.....de TODAS as oportunidades.