segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Côte d'Azur - Arte e Passeios


Esta semana preparei um programa muito especial, unindo o que há de mais bonito na Côte d’Azur, natureza e arte (fundações e museus). Considero uma das viagens mais deliciosas!!

A proposta é sair de S. Paulo direto para Nice, com aquela escala de “lei” em Paris. O ideal é ficar num hotel em Beaulieu sur Mer, que é maravilhoso, “La Réserve de Beaulieu” (existe desde 1908, trata-se de uma reconstrução de um antigo palacete grego) a poucos kms de Nice. Fica fácil sair de lá para todos os passeios. É tudo muito perto, não chega a 20 mns de carro e os caminhos são atraentes!!


La Réserve de Beaulieu

Primeiro dia

Fazer um cooper em um caminho especial, “Promenade Maurice Rouvier”, que vai até Cap Ferrat. A “route” é entre casas suntuosas de um lado e o mar do outro, realmente um deslumbre! Em Maio, o ar é muito leve e o perfume das flores inebriante. Tudo isso dura apenas meia hora!



Promenade Maurice Rouvier


Almoçar no Le Provençal, em Cap Ferrat, um dos melhores da região com uma vista maravilhosa, vale super a pena.

Há que visitar a Villa Kérylos. É um palácio grego belle époque, pertence ao “Institut de France”, luxuosamente decorado, muito bonito por dentro e por fora. O jardim oferece uma vista esplêndida sobre Saint Jean de Cap Ferrat.


Villa Kérylos


A noite, jantar no hotel de Paris em Monte Carlo, deslumbrante, cenário de muitos filmes como James Bond, passear um pouco pelas ruas de Monte Carlo, tomar um café perto do cassino e, olhar todas as vitrines.


Hotel de Paris


Segundo dia

Sair cedo a pé para conhecer a vila de Beaulieu sur Mer, onde você encontra um cassino muito bonito, uma avenida a beira mar linda com lojas, porto, restaurantes, tudo uma graça.


Almoçar uma bouillabaisse no restaurante do hotel Voile d’Or em Cap Ferrat é uma benção. É tudo lindo nesta vila, passeio nos portos, cheios de lojas, restaurantes, boutiques, tudo com vista para o mar.

Uma visita a Villa Ephrussi de Rothschild é obrigatória. É um palácio antigo, o mais bonito da Riviera Francesa, com nove jardins incríveis. A Baronesa Ephrussi de Rothschild transformou a vila em um paraíso para colecionadores. Comprou obras de arte pelo mundo afora. Hoje a vila é também um espaço para casamentos e recepções.

Villa Ephrussi


Jantar em La Napoule a 6 km de Cannes, no restaurante Oasis, considerado um dos melhores restaurantes da Côte. É tudo ótimo, desde o aperitivo até o café, custa caro, mas valem os euros pagos!! Na volta, uma parada em Cannes para um café no Carlton Hotel. Em época de festival há dezenas de cartazes de todos os filmes, a cidade fica animadíssima, todos os cafés e restaurantes lotados para ver o movimento pré- festival que é bem animado.

Carlton Hotel


Terceiro dia

De manhã, um passeio em Cap Ferrat por um caminho que dá a volta em todo o cabo, chama-se “Sentier Jean Cocteau”. É lindo, fica em cima do mar, uma vista maravilhosa!


Sentier Jean Cocteau


Continue o passeio até Vallauris, que é uma pequena cidade onde Picasso tinha atelier e fazia suas cerâmicas. Tem muitas verreries e poterries. Sugiro visitar o “Musée Magnelli et de La Céramique”, um castelo provençal (1568) que abriga duas principais coleções: as pinturas abstratas do pintor italiano Magnelli, reunidas pelo próprio artista ainda em vida e peças em cerâmica, sendo um grande número delas feitas por Picasso. Almoçar um sandwich no museu é uma boa pedida.

Moulin de Mougins


Jantar no Moulin de Mougins. Fica no alto, no caminho de uma cidade medieval muito bonita, chamada Mougins. Todas essas cidadezinhas eram antigas fortalezas medievais cercadas por muros, ruas estreitas, praças com fontes etc... Em Mougins tem um outro restaurante do mesmo dono do Moulin, chama-se L'Amandier, lindo. Bem antigo, o jardim tem hortênsias maravilhosas, a decoração é muito chique. Perto desse restaurante tem uma loja da mulher do dono, o chef Roger Verger, com especiarias, pâtés, geléias, enfim tudo que fabricam para vender. O Moulin tem uma ótima cozinha e Fica num antigo moinho, várias salas, iluminação com velas, muito muito especial. Se for mês de maio, vale passar de novo em Cannes para ver o bochicho do festival.



Quarto dia

De manhã, a melhor opção é uma visita ao “Musée Chagall” em Nice, lindo, são todos quadros com temas bíblicos, o museu inteiro só Chagall, que ali viveu desde 1966 até sua morte em 1985.


Museu Chagall


Almoçar no restaurante Arcimboldo em Nice, italiano, comida muito boa.

Ir para Biot, cidade medieval linda no alto da colina e visita ao museu Fernand Léger, que é bem perto, no meio de um grande parque com esculturas no jardim, construção moderna.


Museu Fernand Léger


Jantar no hotel La Réserve de Beaulieu e tomar um expresso em Beaulieu.



Quinto dia

Caminhar até “Ville Franche sur Mer” - subir a colina e na descida lá está Ville Franche. Andar pelo porto entre os restaurantes e as boutiques, com escadas que vão até a cidade antiga. Uma graça, cheia de ruelas, antiga vila medieval. Depois, continuando pelas escadas ir até a cidade em cima que é mais moderna. De lá, ir para Nice visitar o “Musée Matisse”. Desde 1963, instalado no primeiro andar de uma bela construção de 1622, à época com janelas em trompe l’oeil e em estilo genovês. Para proteger o patrimônio cultural, Nice comprou essa propriedade em 1950 e a renomeou: Villa des Arènes. O acervo compõe-se de pinturas, guaches, desenhos, gravuras, esculturas, livros ilustrados, fotografias, além de objetos que pertenceram ao artista: serigrafias, tapeçarias, cerâmicas, vitrais e diversos documentos. 



Museu Matisse


Almoçar no restaurante “Gaston et Gastonette” no porto em Cannes, de frutos do mar é uma ótima escolha. Depois ir para Antibes, visitar o museu Picasso, em um castelo antigo da família Grimaldi, com telas maravilhosas e com vista para o mar. Dar uma volta pela cidade e tomar um café.


Museu Picasso


La Guerre et la Paix - Picasso


Jantar no Hotel Negresco em Nice, um clássico, que continua muito chique e tem um ótimo restaurante. Depois, passear pela “Promenade des Anglais” em frente ao hotel também é um clássico.


Hotel Negresco


Sexto dia

De manhã ir passear no “Sentier Touristique Edmund Davies,” que dá a volta por um lado de Cap Ferrat à beira mar, lindo de morrer, aroma de jasmim por tudo, arbustos por todas as estradas. 


Fundação Maeght


De lá, ir para Saint Paul de Vence, cidade medieval linda, ruelas pequenas, muito charme, muito bonita, é na montanha, mais ou menos 35 km de Nice. De lá direto para a Fondation Maeght. A Fundação é o resultado da união entre artistas e um arquiteto francês, Joseph Lluis Sert Fruit, aluno de Le Corbusier e professor em Haward. Oferece um panorama excepcional em matéria de arte moderna e contemporânea, em meio a natureza. Com um imenso acervo, pode-se apreciar Léger, Braque e Giacometti. É um programa imperdível passear pelo enorme e bem cuidado jardim e apreciar o labirinto de Miró. A construção da Fundação é maravilhosa: são várias construções no meio de muito jardim com esculturas. É dedicado a quatro artistas: Miró, Chagall, Kandinsky e Calder e sempre tem exposições.


Colombe d'Or

Almoçar no restaurante “Colombe d'Or” é um “must”: a casa é linda, cheia de quadros famosos (Picasso, Leger e outros), uma verdadeira galeria. E é também um pequeno hotel. Quando os impressionistas ainda não eram famosos, tinham o hábito de almoçar no Colombe d’Or: como não tinham como pagar, trocavam o almoço por quadros. Hoje o restaurante tem um belíssimo acervo de pintores impressionistas.


O jantar será em Mônaco no restaurante Rampoldi, super badalado e muito bom. Pertence ao antigo maître Luciano, ex-colaborador da boate Regine’s por 20 anos. É freqüentado pela alta sociedade de Mônaco e celebridades. Não deixe de dar uma volta a pé pela praça de Mônaco que é muito bonita, com lojas, cafés e ver o “bealtiful people”.


Rampoldi


Curiosidade - Há três corniches (estradas) para ir a Mônaco e Monte Carlo: Haute, Moyenne e Basse corniche, todas elas lindíssimas, com paisagens e vistas deslumbrantes. Pode-se ir por uma e voltar pela outra.

Vista de Mônaco


Para finalizar uma frase que acho sugestiva para quem gosta de viajar:

"Minha vida é pequena para conhecer o mundo".



Boa Viagem!!


Serviço:

La Réserve de Beaulieu
5 boulevard du Maréchal Leclerc
06310 Beaulieu-sur-Mer
Tel: 04 93 01 00 01

Le Provençal
2 Semeria Denis
06230 Saint-Jean-Cap-Ferrat
Tel: 04 93760397

Villa Kérylos
Impasse Gustave Eiffel
06310 Beaulieu-sur-Mer
Tel. : 04 93 01 01 44

Hotel De Paris
Place du Casino
98000 Monaco
Tel: 03 77 98 06 30 00

Hotel Voile d’Or
7 Avenue Jean Mermoz
06230 Saint–Jean–Cap–Ferrat
Tel.: 04 93 01 13 13

Musée Rothschild (Villa Ephrussi)
Av. Ephrussi
06230 St-Jean-Cap-Ferrat
Tel: 04-93-01-33-09

L'Oasis
Rue Jean Honoré Carle
06210 La Napoule
Tel: 04 93 49 95 52

Hotel Carlton
58 La Croisette
06406 Cannes
Tel: 04 93 06 40 06

Musée National Pablo Picasso
La Guerre ET La Paix
Place de La Libération
06220 Vallauris
Tel: 04 93 64 71 83

Moulin de Mougins
424 Chemin du Moulin
06250 Mougins
Tél.: 04 93 75 78 24

L’Amandier
Place du Vieux Village
06250 Mougins
Tel. : 04 93 90 00 91

Musée National Marc Chagall
Avenue Docteur-Menard,
06000 Nice
Tel: 04 93 53 87 31

Arcimboldo
22 Rue Latour Maubourg
06400 Cannes
Tel: 04 93 94 68 64

Musée National Fernand Léger
Chemin Du Val Du Pomme
06410 Biot
Tel: 04 92 91 50 30

Musée Matisse
164 avenue des Arènes-de-Cimiez,
06000 Nice
Tel: 04 93 81 08 08

Gaston et Gastonette
6 Quai St.Pierre
Cannes
Tel: 04 93 39 49 44

Musée Picasso
Château Grimaldi
06600 Antibes
Tel: 04 92 90 54 20/26

Negresco
37, Promenade des Anglais
06000 Nice
Tel: 04 93 16 64 00

Fondation Maeght
623, chemin des Gardettes
06570 Saint-Paul de Vence
Tel: 04 93 32 81 63

Colombe d’ Or
1, place du Général de Gaulle
06570 St Paul de Vence,
Tel: 04 93 32 80 02‎

Rampoldi
3, avenue des Spélugues
98000 Monaco
Tel: +377 93 30 70 65





Colaboradora: Virginia Figliolini Schreuders

8 comentários:

  1. Adorei, parece que viajei de novo pelos castelos e estradas ate as cidades maravilhosas
    Beijo
    Miriam

    ResponderExcluir
  2. QUERIDA YEDA
    COMO VOCE É ESPECIALISTA EM VIAGENS MAGNÍFICAS, (ESTIVE EM TODOS OSW LUGARES QUE VOCE MOSTRA NA “CÔTE”, SÃO FANTÁSTICOS), ENVIO PARA VOCE AQUI ALGO QUE É TAMBÉM FANTÁSTICO.

    UM BEIJO

    ANA MARIA

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus que saudades da minha infancia que passeava por todos estes lugares que voce mencionou!Eu ia sempre almocar na Reseve de Beaulieu com meus avos!lembra que eu ficava meses em Cap Ferrat com eles.
    Beatriz

    ResponderExcluir
  4. Querida Yeda: seu blog está lindo e o roteiro maravilhoso! Parabéns e obrigada. Beijos da Vera

    ResponderExcluir
  5. Yeda,estou cada vez mais impressionada com os seus adoráveis roteiros, tão do meu gosto e do Osvaldo.Fico com pena de quem não tem acesso a eles.Agora estou louca para ir para lá .Parabens mais uma vez .Estou aguardando a proxima. Bjs Cema

    ResponderExcluir
  6. Que delícia!
    Bjo,
    Thereza.

    ResponderExcluir
  7. adorei Yeda encaminhei para meu irmão que adora viajar e elogiou muito os que voce me mandou bjs Vera

    ResponderExcluir
  8. Olá Yeda
    Andei vendo seu artigo sobre a Côte d'Azur e babei. Que saudades! Viajo a Paris dia 30 e volto a 21/10. Se der até passo uns 4 dias por lá. Vanvê... Ano que vem, eu adoraria passar uma semana lá na Côte com você em maio. É tudo de bom!
    Beijos
    Lina

    ResponderExcluir