segunda-feira, 24 de junho de 2013

Machu Picchu – A Velha Montanha



Minha querida amiga Cristina Gabriel foi para Machu Picchu com suas filhas no feriado de Corpus Christi e adorou!! Segundo ela foi uma experiência única para umas férias rápidas pertinho do Brasil. Simplesmente bárbaro!

Machu Picchu

Viajaram pela Avianca saindo de São Paulo para Lima, (cinco horas e meia de vôo). O bom teria sido ficar uns dois dias em Lima: é uma cidade bem legal e tem muita coisa para conhecer! De Lima foram para Cuzco (uma hora e meia de vôo), ficaram no Hotel Monasterio do Orient Express: é espetacular, dos melhores hotéis que eu fiquei na vida, conta Cristina. O restaurante é maravilhoso, os jardins são deslumbrantes e o serviço é perfeito.

Hotel Monasterio

Cuzco é uma cidade no Peru situada no Vale Sagrado dos Incas na região dos Andes com população de 300.000 habitantes e com uma altitude de 3400 mts. Seu nome significa "umbigo", no idioma quíchua. A cidade está rodeada de montanhas muito altas, tesouros arquitetônicos e ruínas incas.

 
Centro Histórico de Cuzco

Cuzco foi a antiga capital do Império Inca e o centro cultural administrativo mais importante desse Império. Sua fundação, segunda conta a lenda, é atribuída ao Inca Manco Capac no século XII. Em 1532, o conquistador espanhol Francisco Pizzaro invadiu e saqueou a cidade matando quase todos os incas, mas não conseguiu chegar em Machu Picchu. A maioria dos edifícios incas foram arrasados pelos padres católicos com um duplo objetivo: destruir a civilização Inca e construir com as pedras da demolição as novas igrejas cristãs.


Visitar em Cuzco:

A cidade e a parte antiga que ainda está intacta, mesmo com todos os terremotos que sofreu ao longo de todos esses anos, construída durante o Império Inca. A Calle Loreto é um exemplo. Não deixe de ver a pedra dos doze ângulos nesse corredor.

Calle Loreto - Cuzco


Ruínas Arqueológicas

Cuzco possui quatro sítios arqueológicos (fortalezas, templos, etc.) em suas proximidades, todos situados nos arredores da cidade e com trilhas bastante íngremes: Sacsayhuaman, Quenko, Pukapukara e Tambomahay


Catedral  de Cuzco

A construção da Catedral de Cuzco, localizada na Plaza de Armas, iniciou-se em 1560 e durou mais de cem anos. Os espanhóis levantaram a estrutura principal da igreja sobre o palácio do inca Wiracocha, além de utilizarem muitos blocos de pedra da fortaleza de Sacsayhuamán para a sua edificação. Como uma provocação, os indígenas usados como mão-de-obra deixaram a sua marca para sempre no templo católico. Na representação da "Última Ceia", Judas Iscariotes aparece com o rosto do conquistador espanhol Francisco Pizarro, e o prato servido ao centro da mesa é um cuy assado, espécie de porquinho-da-índia muito apreciado em Cuzco desde os tempos dos incas.

La Catedral - Cuzco


Monastério de Santo Domingo

Este monastério do século XVII foi construído sobre os alicerces do Templo Inca de Qoricancha (Templo do Sol), que já abrigou milhares dos sacerdotes mais importantes do Império e seus assistentes e serviu como o principal observatório astronômico Inca. Atualmente, uma grande parte do claustro da igreja foi removida, revelando quatro câmaras do templo original de uma simetria perfeita e arquitetura tradicional inca trapezoidal.


Museu Inca

O Museu Inca de Cuzco, abrigado no "Palácio do Almirante", datado do século XVII, visa rastrear a história das civilizações Pré-inca e Inca no Peru, assim como os efeitos da conquista espanhola e posterior Era Colonial sobre a cultura indígena.

Museu Inca


Museu de arte pré-colombiano

Este museu arqueológico possui uma enorme coleção de arte pré-colombiana e artefatos em exposição. As cerca de 450 peças pertencem ao período entre 1.250 A.C. e 1532 D.C. e estão alojadas no pátio cerimonial inca (transformado em convento e posteriormente na mansão colonial do conquistador espanhol Alonso Díaz).


Igreja da Companhia de Jesus

Situada na Praça de Armas essa igreja é um grandioso exemplo da arquitetura da era colonial. Foi construída nos séculos XVI e XVII sobre o que então era o Palácio Inca de Inca Huaya. Em seu interior a igreja possui um imponente altar dourado e numerosas importantes peças de obras de arte.

Igreja da Companhia de Jesus 



Templo de la Merced ou Templo da Misericórdia 


Construída em 1536 e amplamente reformada depois de um terremoto no século XVII, essa fascinante igreja apresenta uma bonita fachada e claustros, além dos restos mortais dos conquistadores espanhóis Diego Almagro e Gonzalo Pizarro. Visite o pequeno museu da igreja para apreciar uma bela coleção de arte religiosa.


Ollantaytambo

É a única fortaleza da era Inca no Peru ainda habitada, uma verdadeira obra monumental dessa arquitetura. Em seus palácios vivem os descendentes das casas nobres cuzquenhas com os pátios que ainda mantém seu estilo original. Esta cidade constituiu um complexo militar, religioso, administrativo e agrícola. A entrada é feita pela porta chamada Punku-punku.

Fortaleza de Ollantaytambo


Sacsayhuaman

É uma fortaleza construída em 1.438 pelo Inca Pachacuti. O monumento fica a 3.700 mts. de altura e está localizado numa grande área com enormes rochas, túneis subterrâneos e anfiteatros do antigo Templo Inca. Acredita-se que a fortaleza embora tenha sido erguida para fins cerimoniais, teve uso militar pelos colonizadores espanhóis.

Fortaleza de Sacsayhuaman

O que mais chama a atenção nessa fortaleza é o tamanho enorme das pedras e de que maneira os incas conseguiram transportá-las até o local. O encaixe dessas pedras são perfeitos, de uma precisão quase inimaginável. Eles tinham uma espécie de tobogã gigante, onde os visitantes também podem descer. Acredita-se que 20.000 homens tenham trabalhado em sua construção.


Pisac

Ruínas  arqueológicas, a 33 kms. de Cuzco, é uma das mais importantes do Vale Sagrado dos Incas. A arquitetura de Pisac também é mestiça (inca e espanhola), construída sobre restos indígenas pelo vice-rei Francisco de Toledo. Pode-se assistir a uma missa em quíchua no meio de indígenas.

O Mercado em Pisac é uma ótima oportunidade para fazer compras de artesanatos muito bonitos. Vendem lindos tecidos ponchos à mão, bolsas coloridas, xales, objetos de prata, bonecas e por aí vai... tem de tudo! É sempre bom pechinchar principalmente sendo um turista! Domingos, terças e quintas são os dias em que o mercado funciona.

Mercado de Pisac 


Templo do Sol

O Templo do Sol ou Ccoricancha em Cuzco é uma bonita obra da arquitetura Inca, construído pelo imperador inca Pachacuti feito de pedras polidas e perfeitamente encaixadas. Era um local de rituais e oferendas ao deus Sol cultuado pelos Incas. Foi destruído pelos conquistadores espanhóis, que sobre ele erigiram uma igreja.

Templo do Sol

Curiosidade

O grande terremoto de 1.950 destruiu uma igreja feita pelos padres dominicanos, construída em cima do Templo do Sol com o objetivo de esconder o Templo, a igreja caiu e o Templo não. E mais curioso ainda, é que essa é a segunda vez que isso aconteceu.


Hotéis

Hotel Boutique Fallen Angel

O Hotel Boutique Fallen Angel está localizado no coração de Cuzco na Plaza Nazarenas. Fallen Angel é um conceito que você ama ou odeia. Não é para pessoas que procuram grandes cadeias de hotéis. O proprietário Andrés vem de uma família de artistas, adora viajar pelo mundo e coleciona peças de arte e inspiração que ele usa no hotel. Não é para todos os gostos, mas Andrés admite que gosta de empurrar os limites dos hóspedes abrindo seus horizontes e levá-los a ter uma opinião sobre o que vêem e experimentam no Fallen Angel. Para quem conhece a decoração exagerada lembra muito o restaurante Andrés de Bogotá. 



Hotel Boutique Fallen Angel 

Hotel Boutique Fallen Angel Cuzco
Endereço: Plazoleta Nazarenas 221
Tel.: +  51 84 258 184


Loreto Boutique Hotel

Localização excelente, perto da praça Plaza das Armas, do Museu de Arte Popular e da Catedral. Os quartos são enormes com aquecimento e uma boa ducha. O pessoal do hotel é muito amável.


Loreto Hotel Boutique

Loreto Boutique Hotel - Cusco
Calle Loreto 115, Plaza de Armas
Tel.: + 51 84 226 352


Hotel Monasterio -  Orient Express

O hotel é muito simpático, construído em um antigo mosteiro de 1.592 e oferece acomodações luxuosas de estilo colonial ao redor de um pátio. Está localizado no badalado centro histórico de Cuzco. O café da manhã é muito bom e os quartos extremamente confortáveis. Produtos L’Occitane nos banheiros, toalhas e roupa de cama de primeira linha: há também disponibilidade de oxigênio enriquecido nos quartos para quem sentir falta de ar devido a altura. As paredes são decoradas com arte religiosa.

Restaurante Illariy - Hotel Monasterio
Cristina, Kika e Fabiana
 

Você pode andar à cavalo, de bicicleta e caminhar até as magníficas ruínas de Machu Picchu. Tem um Spa muito bom, perfeito para relaxar com uma massagem. Eles recebem os hóspedes com frutas e chá de coca de boas-vindas. O hotel fica a 5 kms. do aeroporto, a poucos minutos da Estação de Trem San Pedro e tem três restaurante ótimos!

Hotel Monasterio
Calle Palacios 136, Cusco
Tel.: + 51 84 241 777
Restaurantes:


El Tupay - Hotel Monasterio

Ambiente acolhedor, cozinha internacional clássica com ingredientes frescos e de origem local.  O lounge do El Tupay é um ótimo lugar para tomar uma bebida antes ou depois do jantar, perfeito para um aperitivo ou apreciar um bom vinho.

Restaurante El Tupay – Hotel Monasterio 


Illariy Restaurante – Hotel Monasterio

Situado nos claustros do hotel com vista para o pátio. Servem deliciosos cafés da manhã e almoços leves. Se o tempo permitir pode-se jantar ao ar livre.


Lobby Bar – Hotel Monasterio

É uma boa pedida depois de um dia inteiro visitando a cidade. Atmosfera tranqüila, local perfeito para relaxar e saborear um tradicional pisco sour com comidinhas no final da tarde em frente a lareira escutando os melhores sons dos músicos de jazz de Cuzco.


Deli Monasterio

A poucos passos da entrada do Hotel Monasterio, o Deli oferece lanches deliciosos com autêntico sabor peruano para quem está com pressa: pães caseiros recheados com deliciosas carnes e queijos, bolos e doces tentadores acompanhados por chás e cafés. Muito Bom!

Delli  Monasterio

Saíram do hotel para a estação de trem pegar o maravilhoso Orient Express Hiram Bigham. A viagem inclui aperitivos, música ao vivo e um almoço gourmet a bordo enquanto o trem percorre um cenário espetacular. A viagem de Cuzco até o povoado de Aguas Calientes, que é onde fica Machu Picchu, é de aproximadamente quatro horas. De lá subiram de carro até Machu Picchu e hospedaram-se no Hotel Inkaterra.

Orient Express Hiram Bingham

A cidade de Machu Picchu é incrível, tem tudo que uma cidade moderna hoje tem, até curvas em nível para plantação. É um lugar lindo, altíssimo, com uma vista maravilhosa. Não esqueça de fazer uma caminhada até o topo da montanha, de onde se tem uma vista deslumbrante de toda a cidadela de Machu Picchu.

Cristina em Machu Picchu

Matchu Picchu, (velha montanha em quíchua), também conhecida por Cidade Perdida dos Incas é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha a 2.400mts de altitude no Peru. Foi construída no século XV, redescoberta e reconstruída em 1911: hoje resta apenas cerca de 30% da cidade original e mesmo assim é fantástico. As áreas reconstruídas são facilmente reconhecidas pelo encaixe entre as pedras: a construção original é formada por pedras maiores com encaixes com pouco espaço entre as rochas como mostra na foto.

Cristina e Kika em Machu Picchu

Os Incas eram muito evoluídos, a ponto de, já naquela época, estabelecerem duas divisões para seu território: agrícola e urbana. A agrícola formada por terraços e recintos de armazenagem e a urbana por áreas sagradas com templos, praças e mausoléus.

Os prédios, a qualidade do trabalho e o grande número de terraços para agricultura são impressionantes. No meio das montanhas, os templos, casas e cemitérios estão distribuídos de uma maneira organizadíssima, abrindo ruas e aproveitando o espaço com escadarias que, segundo a história inca, foi tudo planejado para a passagem do deus sol. Pela obra humana e pela localização geográfica, Machu Picchu é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO.


Machu Picchu Sanctuary Lodge

O hotel fica na entrada do parque arqueológico e é o único em cima das montanhas. Machu Picchu Sanctuary Lodge oferece aos seus hóspedes a oportunidade de explorar esta excelente localização no final da tarde e no início do dia. Situado em jardins maravilhosos, a vista sobre Machu Picchu é deslumbrante, de tirar o fôlego! grande variedade de plantas nativas, inclusive orquídeas raras e exóticas. Uma variedade de massagens relaxantes, usando tratamentos de aromaterapia está disponível para relaxar depois de um dia cheio de aventuras. O café da manhã e o lanche da tarde são deliciosos! O restaurante é bárbaro! Pode-se fazer um pacote com o trem Hiran Bingham e o Hotel.

Machu Picchu Sanctuary lodge – Orient Express

Monumento Arqueológico de Machu Picchu - Aguas Calientes
Tel.: + 51 84 246 419


Hotel Inkaterra

Um show de hotel no meio da floresta, lindo demais. Serviço excelente, quarto confortável, comida bem feita e tudo muito limpo. Perfeito para relaxar após a visita em Machu Picchu! Localizado numa área reservada em Águas Calientes e de fácil acesso à Estação de trem.

Restaurante do Hotel Inkaterra

Inkaterra Peru
Andalucía 174, Miraflores L18
Tel.: +51 1 610 0400


Águas Calientes

Machu Picchu Pueblo também conhecido como Águas Calientes é conhecido por ser o mais próximo acesso à cidade Inca de Matchu Picchu, fica seis quilômetros de distância, uma hora e meia de caminhada, ou trinta minutos de ônibus. Tem muitos hotéis e restaurantes para turistas e fontes termais que deram o nome à cidade. Os banhos termais foram destruídos por enchentes mas já foram reconstruídos. 

Águas Calientes

Moravam ali fazendeiros e o pequeno povoado transformou-se num agitado acampamento de trabalhadores por causa da construção da ferrovia nos anos 20. A cidade então tornou-se o ponto central de acampamento até que a estrada de ferro terminou em 1931. Hoje os habitantes e turistas usufruem da estrada de ferro PeruRail vinda de Cuzco para visitar Machu Picchu.

Na volta minhas amigas pegaram outro trem, o Vistadome, também ótimo, todo aberto em cima, você vai vendo a linda paisagem e o custo é bem menor.

Trem Vistadome

Informações interessantes:

Há três tipos de trem de Cuzco Para Machu Picchu, para os diferentes tipos de turistas: o Backpacker, desenhado especialmente para aqueles passageiros com espírito de aventura, o Vistadome, para quem quer conforto sem precisar gastar muito, e o Hiram Bingham, para quem gosta de muito de luxo!

Existem três opções de acesso para Machu Pitchu:
Orient Express Trem Hiram Bingham: parte da Cidade de Cuzco e a viagem leva de três à quatro horas até chegar ao povoado de Águas Calientes. Neste local há micro-ônibus freqüentes que levam cerca de 30 minutos para chegar em Machu Picchu.

A segunda opção é pelo caminho Inca: uma caminhada de quatro dias para chegar a Machu Picchu pela "Porta do Sol". Pega-se o trem até o km 82 da ferrovia de Cuzco para Água Calientes e de lá começa a caminhada Inca.

A terceira opção: saindo da cidade de Cuzco, inclui um passeio do Vale Sagrado dos Incas até o monumento Ollantaytambo, pega-se o trem até Águas Calientes e um micro-ônibus para Machu Picchu.
  
Caminho Inca

Minhas amigas recomendaram fazer a viagem com guia particular, nunca em grupo: é mais tranqüilo e o guia pode respeitar mais o ritmo de cada um.  Chegando em Cuzco por causa da altura, tomar vários chás de coca e dar uma boa descansada: ter uma garrafa de água na mão até se aclimatar. E se puder escolher a época, ir antes do Corpus Christi: você assiste toda a organização da festa religiosa que é uma das mais importantes e bonitas de Cuzco sem muitos turistas.


Machu Picchu Centenário
Direção e Produção Alfonso Casabonne

Orient-Express Peru
Hotel Monasterio, 
Machu Picchu Sanctuary Lodge
 e Hiram Bingham Trem



Para terminar escolhemos um pensamento Inca:

“Todas as pedras, todo o ouro e todo o alimento vêm da Terra, nela permanecendo. Nem o mínimo grão de ouro pode ser carregado para além da Terra.”
A verdade sobre os incas



Colaboradores: Cristina Gabriel e Pedro Henrique A Pereira


7 comentários:

Alice disse...

Yeda,

Fiquei com muita vontade de ir para lá, bjs

Cema disse...

Oi Yeda,

Como sempre adorei! Imagine que eu estive lá a alguns anos com Osvaldo. Foi uma aventura e tanto .Bjs

Diogenes Araujo disse...

Um lugar incrível que tive a oportunidade de conhecer.
Espero voltar um dia.
Belíssima postagem essa.

Yeda Saigh disse...

Obrigada, fico feliz que você gostou e concordo com vc, Machu Picchu é realmente incrível. Espero q curta tb os outros artigos de viagem. Um abraço,

Yeda

Juvenal Rondan - Viagens Machu Picchu disse...

Olá gente!
Primeiramente parabenizo pelo trabalho que fiz em ajudar aos brasileiros que desejem conhecer Machu Picchu, quem escreve é um amante da cultura brasileira e graças a deus já teve a sorte de morar no Brasil por um bom tempo, agora voltei ao Peru – Cusco para mostrar a todos os brasileiros que desejem conhecer a terra dos incas.
Se alguém deseja algumas dicas e recomendações pra a sua viagem, sera tudo um prazer ajuda-los em realizar o sonho de conhecer Machu Picchu Cusco, Lima, Lago titicaca, Arequipa, Nazca, Paracas, Puno, Trujillo e outros destinos que ainda não foram explorados pelo brasileiros.
Visitem nosso site http://www.viagensmachupicchu.com.br/

Juliano- Viagem Machu Picchu disse...

Machu Picchu é simplesmente a atração número um do Peru e talvez da própria América Andina. Desde que a descoberta científica da cidadela inca foi anunciada pelo historiador americano Hiram Bingham em 1911, sua complexa e misteriosa arquitetura encastelada num cenário montanhoso dramático vem atraindo turistas de todo o mundo. sera um prazer compartilhar as nossas dicas

Joao Dos Santos disse...

Porque escolher Peru para sua próxima viagem?
Cada dia as pessoas se perguntam para onde quiserem viajar na sua próxima férias. Convido-lhes a visitar Peru. Um país mágico e incomparável que durante os últimos anos teve uma evolução favorável a nível econômico, cultural, social e turístico.
As razões de porque deveria visitar Peru é porque possui uma das 7 maravilhas do mundo moderno, Machu Picchu, a cidadela perdida dos Incas do século XV que foi descoberta no século passado, você visualiza a harmonia da natureza junto com o trabalho perfeito logrado na sua arquitetura.

Por outra parte a riqueza natural e cultural do Peru é diversificada e que tudo o mundo pode apreciar em suas manifestações culturais expressadas em seu folclore, gastronomia, costumes e tradições que ainda os peruanos preservam além do que a modernidade muda tudo o jeito de vida
Sim alguém precisa de mais informações visite nosso site: http://www.viagensmachupicchu.com.br
Boa viagem!!